A infância difícil de Norma Jeane Mortenson nunca deixaria adivinhar o sucesso que a esperava. Tudo começou com uma fotografia captada em 1945, quando Marilyn Monroe, ainda morena, trabalhava numa fábrica. Após a sua morte, aos 36 anos, as imagens contagiantes que tirou em vida continuam a ser motivo de conversa. Os fãs de Monroe podem agora ver fotografias raras, ou nunca antes publicadas, da estrela. Foram tiradas entre 1952 e 1956, explica o Daily Mail, e revelam momentos íntimos, divertidos e de pura descontração. 

Marilyn

Allan “Whitey” Snyder – Limited Runs

A coleção dá-se pelo nome Marilyn: The Lost Photographs of a Hollywood Star e pode ser vista na galeria online Limited Runs, que vai vender, em edição limitada, imagens impressas das fotografias. A exposição adota o formato itinerante já no próximo mês e vai passar por Los Angeles, San Francisco e Nova Iorque.

Madeixas loiras, lábios vermelhos e uma figura cuidada. A atriz era, e é, considerada um dos grandes ícones de beleza mundiais e não há maneira do nome artístico sair de baixo dos holofotes. Monroe é também notícia por causa do novo livro que alega que a estrela foi assassinada. Murder of Marilyn Monroe: Case Closed, de Jay Margolis e Richard Buskin, afirma que a atriz não se suicidou, antes que a sua morte foi planeada, segundo o Daily Express.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Marilyn 2

Milton H. Greene – Limited Runs

O certo é que, em vida, a atriz cativou audiências com as suas performances, ora cómicas ora dramáticas, mas nunca despojadas de beleza. São exemplo os filmes Como se conquista um milionário, Os homens preferem as loiras e Quanto mais quente, melhor, pelo qual recebeu um Globo de Ouro.

Segundo a página oficial da estrela, Monroe terá inspirado diversos artistas, como Madonna, Elton John, Lady Gaga e ainda Andy Warhol, isto sem contar com a legião de fãs que deixou atrás. A lista é longa e, quiçá, infinita.

Marilyn 3

Mischa Pelz – Limited Runs