Hugo Chávez faria 60 anos esta semana e, para assinalar a data de aniversário do falecido líder venezuelano, eis que surge uma homenagem original: um novo tipo de letra que imita a caligrafia do “eterno líder”. Chama-se ChavezPro e já pode ser descarregada para utilização.

Lançada por um grupo de apoiantes de Chávez, que faleceu no ano passado, a 5 de março, a fonte foi digitalizada com base num conjunto de cartas que escreveu quando esteve preso em 1992, mas também tendo na memória as várias vezes em que o ex-presidente venezuelano escrevia em diretos na televisão estatal, em quadros e papéis, onde explicava as suas ideias e políticas.

Desde segunda-feira, 28 de julho, data em que Chávez faria 60 anos, a fonte pode ser descarregada gratuitamente a partir do site da empresa Creative Trench (www.trincheracreativa.com). A avaliar pelas reações nas redes sociais, os chavistas ficaram satisfeitos e não perderam tempo para fazer o download logo às primeiras horas do dia.

https://twitter.com/TrincherArte/status/493567798921023489

De acordo com a Reuters, a sua assinatura a vermelho — cor do socialismo — é replicada até à exaustão em t-shirts, bonés de basebol e nas paredes das ruas de todo o país.

Por outro lado, os opositores do Governo chavista veem o gesto apenas como uma forma de continuar a perpetuar a imagem de Chávez para disfarçar os fracassos de Nicolás Maduro, que sucedeu ao Presidente que morreu com cancro no ano passado.

O dia de ontem foi de celebrações em todo o país pela data de aniversário de Hugo Chávez e Maduro voltou a protagonizar um momento insólito, para alguns, ao afirmar ter recebido mais uma aparição de Chávez.

“Um pequeno pássaro abordou-me outra vez”, voltou a dizer o presidente venezuelano na presença de familiares de Hugo Chávez num dos eventos de celebração, depois de, no ano passado, ter sido ridicularizado pelos seus rivais políticos por ter feito afirmação semelhante. “O pequeno pássaro disse que o ‘Comandante’ estava feliz, repleto do amor e da lealdade do seu povo. Deve estar orgulhoso, e feliz”, disse.