Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O piloto de Moto GP espanhol Marc Márquez venceu o Grande Prémio de Indianápolis deste domingo, obtendo assim a sua décima vitória consecutiva em corridas do campeonato mundial, um feito apenas alcançado por outros dois corredores.

A última vez que um piloto de Moto GP havia conseguido vencer dez corridas consecutivamente tinha sido em 1997, quando o australiano Mike Doohan se sagrou campeão ao vencer 12 das 15 corridas disputadas. O outro piloto que também conseguiu o mesmo registo foi Giacomo Agostini, em 1968, 1969 e 1970, anos em que também foi campeão do mundo. Ambos são duas lendas da modalidade, um estatuto a que Marc Márquez agora também aspira.

Na corrida de domingo, Marquéz (Honda), que tem apenas 21 anos, ficou à frente de Jorge Lorenzo (Yamaha) e do veterano Valentino Rossi, que, aos 35 anos, também bateu um recorde, ao tornar-se o primeiro piloto de Moto GP a superar os quatro mil pontos na competição.

A corrida até começou mal para Marc Márquez, que teve de reganhar posições a partir do quinto lugar, onde foi parar mal a prova se iniciou. “Quem pensa que é fácil [ganhar] que veja as primeiras onze voltas. Quase caí entre a curva um e dois, logo quando estava a ultrapassar o Valentino [Rossi] para começar a liderar a corrida”, disse o piloto ao El Pais. Já o El Mundo não hesita em classificar Márquez como “o piloto mais veloz alguma vez visto”.

 

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR