O ator Robin Williams sofria da doença de Parkinson. A revelação foi feita esta quinta-feira pela mulher, Susan Schneider, que disse que a doença estava num estado inicial. O ator não quis divulgar publicamente o seu estado de saúde por “não se sentir pronto”, acrescentou Schneider.

A mulher de Robin Williams assegurou que o marido se encontrava sóbrio e sublinhou a sua coragem enquanto “travava batalhas contra a depressão, a ansiedade e a fase inicial da doença de Parkinson”.

Robin Williams foi encontrado sem vida na segunda-feira. No dia seguinte, as autoridades confirmaram a causa da morte: asfixia por enforcamento.

Susan Schneider deixou uma nota de esperança. “Depois da trágica morte de Robin, esperamos que todos aqueles que estão em sofrimento possam encontrar o apoio de que precisam e possam sentir menos receio”, pode ler-se na declaração.