É natural de Seattle, nos Estados Unidos da América, e tatua famosos por hobby. Nas Shopped Tatoos, de Cheyenne Randall há imagens de grandes nomes da música, cinema, política, ciência ou da monarquia tatuados que foram tatuados pelo Photoshop.

Randall começou por desenhar tatuagens nos famosos que saíam nas revistas, mas quis evoluir, explicou no programa de televisão norte-americano Today Show. Foi aí que passou para o Photoshop e começou com a “ligeira obsessão” de transformar a imagem de alguns ícones. Queria saber como ficariam num universo paralelo ou se tivessem optado por seguir por outro caminho.