As vendas de carros na Europa cresceram 7% nos primeiros dois meses do ano, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Onde as vendas de carros subiram mais, em termos percentuais, foi em Portugal, com um aumento de 32%. Segundo a European Automobile Manufacturers Association (ACEA), foram matriculados 924.440 automóveis em fevereiro, subindo pelo 18º mês consecutivo graças à descida dos preços dos combustíveis e aos programas de estímulo ao setor lançados em países como Espanha.

Foram registados 26.151 carros em Portugal até ao final de fevereiro, segundo dados da ACEA. Trata-se de um aumento de 32% face aos cerca de 19.800 matriculados nos primeiros dois meses de 2014. A Associação Automóvel de Portugal (ACAP), cujos valores diferem um pouco dos da europeia ACEA, já tinha avançado, no início de março, um aumento de 30,7% nas vendas de automóveis no acumulado de janeiro e fevereiro.

Além de Portugal, também o aumento de 26,7% em Espanha e os 12,3% em Itália ajudaram a que as vendas de carros tenham subido 7% na União Europeia nos primeiros dois meses do ano. As marcas alemãs Volkswagen, BMW e a francesa Renault estão a ser as principais beneficiadas pela melhoria do mercado, marcas que também estão a beneficiar de maiores vendas para fora da Europa graças à desvalorização do euro face às outras moedas, que as torna mais competitivas.

Na Europa, as vendas de carros são um sinal de que a confiança do consumidor está a melhorar, algo que já tinha sido indicado por uma sondagem recente que apontou para uma confiança do consumidor em máximos de sete meses em fevereiro. “As vendas de carros na Europa aumentaram a bom ritmo nos primeiros dois meses do ano”, disse à Bloomberg Juergen Piper, um analista da Bankhaus Metzler em Frankfurt. A “melhoria da confiança do consumidor” está a fazer aumentar o ritmo das substituições de automóveis, diz o especialista.

Em Espanha, em particular, as vendas beneficiaram de um programa lançado pelo governo para estimular o abate de veículos mais antigos e substituição por carros novos. As vendas dispararam 26%, em parte graças a esse programa, mostram os dados da ACEA.