O livro da Asap Science pretende dar resposta “às mais estranhas questões mundiais, rumores mais persistentes e fenómenos inexplicáveis”. E agora chega com um teste que lhe permite descobrir em que condições está a sua acuidade visual. Olhe para esta imagem.

Imagem criada por Dr. Aude Oliva, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

Imagem criada por Dr. Aude Oliva, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

Se ao olhar para a fotografia identificar o físico Albert Einstein, significa que a sua visão pode estar saudável. Mas se encontrar a atriz Marilyn Monroe, corra para um médico. Porquê? Tudo depende do tamanho e da distância a que nos encontramos da imagem. Vista ao longe, é mais provável que encontre a artista do século XX, mas à medida que se aproxima da figura deve começar a reconhecer o autor da Teoria da Relatividade Geral. Isto acontece porque somos capazes de identificar mais detalhes com a aproximação da imagem.

Vamos desmontá-la: na verdade, esta figura é híbrida e é composta por uma fotografia de frequência espacial baixa (Marylin Monroe) e outra de frequência espacial alta (Albert Einstein). De longe, identificamos algumas referências mais gerais, mas de perto encontramos pormenores mais relevantes.

Ao afastar-se da imagem, quanto mais tempo conseguir ver Einstein, melhor se encontra a sua visão. Este fenómeno depende da sua capacidade em focar objetos e em analisar contrastes. E como todos os olhos são diferentes, é natural que pessoas diferentes observem coisas igualmente distintas.