Na próxima sexta-feira, 24 de abril, faz 25 anos que o telescópio Hubble foi colocado em órbita pelo vaivém espacial Discovery. Um quarto de século é tempo suficiente para registar buracos negros, captar a existência de luas até então desconhecidas e observar o nascimento e a morte de estrelas. Em jeito de antecipação, reunimos algumas imagens com o cunho do Hubble que mostram a profundidade e a beleza do espaço.