Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Com a chegada do bom tempo, o jardim da Quinta das Conchas, em Lisboa, volta a transformar-se em sala de cinema a céu aberto. O ciclo Cine Conchas arranca a 25 de junho com um filme nomeado ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro e termina a 11 de julho com o filme de animação “Home: A Minha Casa”. Ao todo há nove filmes para ver, sem pagar nada por isso.

Os filmes passam às 21h45, às quintas, sextas e sábados. O primeiro é “Kon Tiki – A Viagem Impossível”, filme nomeado para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, em 2012, e que mostra a aventura do explorador norueguês Thor Heyerdahl, que em 1947 atravessou o Oceano Pacífico numa jangada de madeira.

Para o dia seguinte está reservado um filme imperdível, “As Vantagens de ser Invisível”, história protagonizada por Emma Watson, Logan Lerman e Ezra Miller sobre a transição entre a adolescência e a idade adulta. No sábado à noite, os mais novos vão gostar de ver o filme de animação “Como Treinares o teu Dragão 2”, que este ano concorreu ao Óscar de Melhor Filme de Animação.

Para quem ainda não viu “Whiplash”, filme sensação que este ano arrecadou três Óscares, a sessão de 10 de julho é imperdível. Na noite anterior será possível ver na tela “O Passado”, drama do realizador iraniano Asghar Farhadi que não vai desiludir quem gostou do seu anterior filme, “Uma Separação”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Programa completo do Cine Conchas 2015:

25 de junho: “Kon Tiki – A Viagem Impossível”, de Joachim Rønning e Espen Sandberg
26 de junho: “As Vantagens de ser Invisível”, de Stephen Chbosky
27 de junho: “Como Treinares o teu Dragão 2”, de Dean DeBlois

2 de julho: “Duas Vidas”, de Georg Maas e Judith Kaufmann
3 de julho: “Kingsman: Serviços Secretos”, de Matthew Vaughn
4 de julho: “Que Mal Fiz Eu a Deus?”, de Philippe de Chauveron

9 de julho: “O Passado”, de Asghar Farhadi
10 de julho: “Whiplash”, de Damien Chazelle
11 de julho: “Home: A Minha Casa”, de Tim Johnson