A quantidade de peixe fresco capturado pela frota nacional em 2014 foi a menor desde os últimos 45 anos, com um decréscimo de 17,1% face ao ano anterior, segundo as estatísticas da pesca hoje divulgadas pelo INE.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) acrescenta, no entanto, que esta redução significativa da quantidade foi mais do que compensada pelo aumento também significativo do preço, que cresceu 19,1% face a 2013, correspondendo a um preço médio do pescado em lota de 2,02 euros/quilos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR