Michael Mandiberg é artista plástico e durante três anos trabalhou para criar uma edição da Wikipédia em papel – uma coleção de livros organizada por volumes, de A a Z. Objetivo: convidar as pessoas a refletir sobre a grande acumulação de conhecimento humano que se concentra na internet e a envergadura desmedida do big data (informações digitais), conta o ABC.

O projeto chama-se “Print Wikipedia” e vai estar em exposição na Denny Gallery, em Nova Iorque, sob o título “From Aaaaa to ZZZap”. A obra inclui 7.600 volumes – só o índice ocupa os primeiros 91 – e os últimos 36 são uma listagem de todos os nomes que contribuíram para a elaboração dos artigos na internet. Os volumes estão à venda por cerca de 70 euros (cada um).

Durante as semanas em que a exposição vai estar aberta ao público, o artista vai descarregar a versão impressa da obra para um servidor na internet. Quando o upload estiver concluído, a exposição termina e é possível comprar a Wikipédia em papel numa loja online. No total, comprar a Wikipédia de uma só vez custa cerca de 440 mil euros, menos 108 mil do que se comprar um volume de cada vez.

A Wikipédia está prestes a chegar aos 5 milhões de artigos, com cerca de 750 novas entradas por dia.