437kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Um em cada cinco alunos desiste de estudar no secundário

Este artigo tem mais de 5 anos

No total há 35% de alunos que desistem de estudar ou que não conseguem concluir o 12º ano à primeira, mostram os dados de uma nova ferramenta de análise do Ministério da Educação e da Ciência.

i

NUNO VEIGA/LUSA

NUNO VEIGA/LUSA

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Um em cada cinco alunos chumba ou desiste de estudar no ensino secundário, de acordo com os dados do Ministério da Educação e da Ciência (MEC) divulgados este fim-de-semana.

É no 12º ano que os estudantes mostram mais dificuldade, com 35% dos alunos a não concluir os estudos à primeira.

Analisando isoladamente, um dos dados que é importante sublinhar refere-se ao dos alunos inscritos em cursos científico-humanísticos e que não concluíram os três anos de escolaridade dentro do tempo previsto. É que só nesta área, a taxa atinge os 22%.

A taxa que mostra a percentagem de alunos que não transita para o ano seguinte, engloba os alunos que reprovaram, mais aqueles que anularam a matrícula. As causas de desistência podem ser várias, entre as quais, sair do país.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Olhando para o panorama geral, se analisarmos os valores dos alunos que chegam ao ensino secundário, ou seja, ao 10º ano, percebe-se que 17% dos estudantes desistem da escola ou não passam de ano. Mas a taxa de retenção baixa para os 13% quando os alunos chegam ao 11º ano.

Mas a análise dos novos dados também traz boas notícias e há localidades com taxas de retenção bem abaixo da média.

No total, foram analisados 244 municípios: 105 com taxas de retenção e desistência acima da média; 124, abaixo; e 15 dentro da média nacional (22%).

Para esta avaliação, o MEC teve em conta os anos letivos entre 2009/2010 e 2012/2013. Os dados estão disponíveis aqui a partir deste sábado.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.