Um piloto da companhia Air France afirma ter avistado um objeto branco a flutuar ao largo da ilha francesa de Reunião, na terça-feira de manhã, confirmou o diretor-assistente da Autoridade de Aviação Civil Francesa, Siva Vadivelou, avança a CNN.

Em julho, já tinha sido encontrado perto dessa zona um pedaço de asa do Boeing MH37o, desaparecido em março de 2014, e que apesar de ter sido identificado como pertencente ao avião, não acrescentou mais nenhuma informação relativamente às causas do acidente.

“Deve ser um objeto volumoso para o piloto conseguir ver”, disse Vadivelou, já que o voo da Air France estava a cerca de 9.800 pés, ou seja a uma altitude de 3.000 metros. Um avião militar e um navio mercante que estavam por perto foram enviados para o local, mas não avistaram nenhum objeto.

O avião MH370 da Malaysia Airlines deslocava-se de Kuala Lumpur para Pequim, quando a 8 de março de 2014  desapareceu no oceano Índico, com 239 pessoas a bordo. A aeronave não foi encontrada até ao momento, sendo um dos mais misteriosos acidentes de aviação registados até hoje.