“Às quartas-feiras, usamos cor-de-rosa.” Esta viria a ser a frase mais popular da personagem interpretada por Amanda Seyfried no filme Giras e Terríveis. Uma afirmação que lançou a atriz para o mundo do estrelato, em 2014, e que veio carregada de enormes expetativas em torno das suas presenças públicas — independentemente do dia da semana. O cor-de-rosa, esse, sempre ficou em segundo plano num armário repleto de cores neutras como o preto e branco. Uma simplicidade que não fazia jus à irreverência das mean girls e que deixou o público à espera de mais.

Com apenas 19 anos, Amanda Seyfried foi traída pelos flashes das câmaras quando usou um vestido pouco opaco que revelava a roupa interior. Um erro de principiante que lhe valeu duras críticas numa das suas primeiras passadeiras vermelhas. Em 2008, saltou para a fama com a participação em Mamma Mia! ao lado de Meryl Streep. Aprendeu com a melhor e deixou de lado os vestidos abaixo dos joelhos que lhe roubavam toda a sensualidade e juventude. Substituiu os looks conservadores por escolhas mais femininas e conquistou papéis em romances como Juntos ao Luar e Cartas para Julieta em 2010.

WESTWOOD, CA - MAY 15: Actress Amanda Seyfried attends the premiere of Universal Pictures and MRC's 'A Million Ways To Die at The West' at Regency Village Theatre on May 15, 2014 in Westwood, California. (Photo by Jason Merritt/Getty Images)

Amanda Seyfried nasceu a 3 de dezembro de 1985 e ficou famosa por contracenar com Rachel McAdams no filme “Giras e Terríveis”. Jason Merritt/Getty Images

O ponto de viragem só viria a acontecer em 2013, quando deu a cara pela Givenchy. O estilo que lhe corria nas veias veio à superfície e nunca mais desiludiu. Agora Amanda Seyfried veste Valentino ou Balenciaga com a mesma naturalidade com que conjugava uma blusa com umas calças de ganga em 2006. Não é adepta de acessórios mas caminha sempre com uma dose de confiança. Faz da elegância um must-have e aprendeu que a receita para o sucesso não peca pela simplicidade mas pela falta de personalidade.

Em fotogaleria, comprove a evolução de estilo da atriz que, esta quinta-feira, celebra 30 anos. O título de best dressed não se conquista com palavras mas com ações e Seyfried sabe-o melhor que ninguém.