Conteúdo Microsoft

Dar mundo às startups portuguesas

193

A 6 de abril, a Microsoft desvenda o seu programa de apoio à internacionalização das startups tecnológicas nacionais. O Ativar Portugal Startups traz o futuro às empresas mais dinâmicas de hoje.

Ativar Portugal

Com uma aposta clara na internacionalização das startups de base tecnológica nacionais, o Ativar Portugal Startups 2016 é uma iniciativa da Microsoft Portugal que abre uma nova perspetiva ao programa iniciado em maio de 2014. O Ativar Portugal começou por ser um programa de formação e valorização para o emprego, requalificação e certificação tecnológica.

Ao reunir sinergias em torno de novas empresas, de novos projetos e de uma nova geração de empreendedores, o objetivo inicial era potenciar oportunidades de aprendizagem, formação, crescimento económico e a criação de emprego a nível nacional.

O programa prossegue hoje com o intuito de certificar 10.000 pessoas até 2017 em tecnologias Microsoft. A ideia da companhia passa por reduzir o desemprego com o preenchimento das mais de 5.000 vagas no setor das TI, para as quais não há profissionais com qualificações adequadas.

No ano passado, a nova geração do programa Ativar Portugal somou o termo «Startups» à sua designação inicial e apostou claramente no apoio aos empreendedores nos três pilares que a Microsoft considera basilares: pessoas, ferramentas e negócios. Este será o caminho para o crescimento atual e futuro, de modo a alcançar negócios de sucesso.

Orientando as pessoas, formando-as nas ferramentas necessárias e fomentando os negócios, a nova fase do Ativar Portugal Startups que será apresentada na próxima semana foca-se num dos tópicos cruciais para o sucesso global das novas startups de base tecnológica portuguesas: a internacionalização.

Atualmente, há mais de 35.000 startups no nosso país. Através do Ativar Portugal Startups, a companhia pretende contribuir para o surgimento anual de 50.000 startups a partir de 2020, e a consequente criação de 130.000 novos postos de trabalho, com uma taxa de sucesso de 50% (contra os atuais 20%), gerando entre cinco a dez startups 1 bilião de dólares.

Apesar de a experiência ser recente, o know-how é bastante grande. Foi ultrapassado o número de 120 startups portuguesas de base tecnológica apoiadas pelo Ativar Portugal desde a criação do programa, em março de 2015. A iniciativa Ativar Portugal Startups pretende ser agregadora e conta por isso com o apoio direto das melhoras incubadoras e empresas de capital de risco na projeção internacional e na criação de negócios globais de sucesso.

O foco está nas startups nacionais de elevado potencial de crescimento, sendo-lhes concedido acesso gratuito às mais recentes ferramentas tecnológicas, a novos clientes e mercados, a par do aconselhamento em diversas áreas e ações de promoção e divulgação junto das empresas nacionais e internacionais do setor. Neste momento, já há provas dadas, uma vez que o programa Ativar Portugal Startups permitiu acelerar o desenvolvimento destas empresas embrionárias, trazendo valor ao seu negócio e facilitando-lhes assim o acesso ao financiamento.

O evento realiza-se dia 6 de abril de 2016, nas instalações da Microsoft Portugal, e apresenta quatro componentes distintas. A primeira é a abertura da conferência, com os principais intervenientes no panorama tecnológico português.

Destacam-se os oradores já confirmados, João Couto (diretor geral da Microsoft), João Vasconcelos (Secretário de Estado da Indústria) e Alexandre Barbosa (da Faber Ventures, responsável por várias startups nacionais que são casos de sucesso de internacionalização).

O segundo momento do dia designa-se Business Speed Dating e é acessível às startups que integram o programa Ativar Portugal. Consiste numa dinâmica que põe em contacto as várias startups convidadas e algumas das maiores empresas e entidades nacionais, com vista ao estabelecimento de parcerias capazes de alavancar o crescimento mútuo.

Por fim, o terceiro tópico do evento designa-se Startup “Expo Area” e, como o nome indica, é uma exposição onde estarão presentes as novas startups beneficiárias do programa, de modo a poderem apresentar os seus produtos com todo o pormenor. A Startup “Expo Area” decorre ao longo de todo o evento na zona de showroom da Microsoft Portugal e é acessível ao grande público.

Conteúdo produzido pelo Observador Lab. Para saber mais, clique aqui.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: [email protected]

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)