Não há nada de novo em ver Victoria Beckham na capa da revista Vogue, seja de que edição for. Talvez conscientes disso, a equipa da Vogue britânica colocou à agora guru da moda um desafio: e se Beckham, que em tempos foi a Posh Spice, escrevesse uma carta destinada à sua versão de 18 anos? Dito e feito.

https://twitter.com/tvandygriff/status/256756034130030593

Sobre a aparência física

À semelhança de muitas adolescentes, também a jovem Victoria tinha problemas de imagem e estava longe de gostar do que via ao espelho. “Eu sei que estás a passar um mau bocado agora. Não és a mais bonita ou a mais magra, ou a melhor a dançar na Laine Theatre Arts“, escreve a designer de moda, afirmando que nunca se chegou a sentir integrada na escola, apesar de ter partilhado a experiência “com raparigas muito simpáticas”. “Tens muito acne”, recorda.

“Achas que o diretor colocou-te na parte de atrás do espetáculo de fim de ano (num humilhante collant de licra roxo brilhante) porque és muito gorda para ir para a frente. (Isto pode ser ou não verdade)”, continua.

Spice Girls Victoria Adams (L) arrives with her husband, Manchester United and England star David Beckham (R), to a Versace star-studded reception hosted by Donatella Versace in London late Friday 11 June 1999. The reception comes after the Versace "Diamonds are forever" charity fashion event 09 June which raised funds for three charities including the Prince's Foundation for architecture and the environment. (Photo credit should read SINEAD LYNCH/AFP/Getty Images)

O casal em junho de 1999

Sobre o romance com David Bekcham

A BBC britânica recorda que antes de o casal se conhecer já David Beckham tinha decidido que a então Posh Spice era o seu ideal de perfeição — para isso terá contribuído a aparição de Victoria no videoclip Say You’ll Be There.

Olhando para trás, Victoria diz agora à sua versão mais nova para “aprender mais sobre futebol”, para depois recordar o momento em que viria a conhecer o futuro marido. “Sim, o amor à primeira vista existe. Vai acontecer-te no lounge dos jogadores do Manchester United, ainda que estejas um pouco embriagada, pelo que os detalhes estão um pouco confusos”.

Neste fase, lembra a designer, é ela quem é famosa, não ele –na altura Beckham ainda não jogava na equipa principal. “Enquanto os outros jogadores estão no bar a beber com os colegas, tu vais ver o David de parte na companhia da família. E ele tem um sorriso tão bonito. Tu também és próxima da tua família e vais pensar no quão parecido contigo ele é.”

Victoria continua, explicando que é precisamente nessa noite que o futuro marido lhe pede o número de telefone: “Ele ainda tem o bilhete de avião de Londres para Manchester onde escreveste o número”.

7 fotos

Sobre a evolução do seu estilo

Nos tempos que correm Victoria é uma designer de moda de sucesso, além de já ter sido considerada a melhor empresária do Reino Unido. Mas o estilo da ex-Spice Girl nem sempre foi elogiado pela crítica: sobre isso, Victoria não tem vergonha, chega a admitir que nem sempre esteve no seu melhor, mas não parece preocupar-se com o assunto.

“Vais divertir-te muito com as tuas roupas”, diz, recordando as gargantilhas e os penteados loiros (e extravagantes) de outros tempos. “Nunca vais pensar que, talvez, estejas ridícula. Vais aparecer em cerimónias de entregas de prémios a pareceres uma drag queen.”

“Mas vais olhar para trás e sorrir. Adoro o facto de te sentires livre para te expressares”, afirma, explicando em seguida que, à medida que o tempo passar, os saltos altos vertiginosos vão dar lugar a ténis confortáveis, e os vestidos curtos (em tempos a sua derradeira assinatura) serão substituídos por camisas brancas.

Uma coisa é certa, afirma, “nunca serás uma daquelas pessoas que acabou de sair da cama”.

A carta assinada por Victoria Beckham pode ser lida na íntegra na edição de outubro da Vogue britânica.