Aos 79 anos, Elza Soares está melhor do que nunca. A cantora brasileira regressa a Portugal para apresentar o seu mais recente trabalho, “A Mulher do Fim do Mundo”, na Casa da Música, no Porto, a 24 de novembro. Depois, dia 25 ou 26 de novembro (a data ainda não foi confirmada) atuará no festival Vodafone Mexefest, em Lisboa.

O novo álbum de Elza Soares é já o seu 34º trabalho, em 60 anos de carreira, mas o primeiro de inéditos. É um disco de samba sujo experimental — sem esquecer o rock, o rap e a eletrónica — é o seu primeiro álbum de onde se abordam temas atuais e “pesados” como as drogas, a violência doméstica, o racismo e a transexualidade.

“A Mulher do Fim do Mundo” foi considerado pela revista Rolling Stone Brasil, o Melhor Disco de 2015 e está nomeado para o Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira.

Da lista de músicas que compõem o álbum, surge o tema “Maria da Vila Matilde“, a concorrer para Melhor Canção em Língua Portuguesa.

Os bilhetes custam 30€ e já estão à venda em Ticketline.pt e na Casa da Música.