Pelo menos quatro pessoas morreram e 14 ficaram feridas na sequência de uma tempestade na noite de segunda-feira em Maputo, informou esta terça-feira o Serviço Nacional de Salvação Pública.

De acordo com o porta-voz do Serviço Nacional de Salvação Pública, Leonildo Pelembe, quatro pessoas morreram na sequência da queda de uma árvore sobre um transporte semicolectivo de passageiros que circula na avenida marginal durante a tempestade.

“Estes são os dados preliminares que temos, estamos no terreno para a recolha de mais dados”, referiu o porta-voz, em conferência de imprensa, acrescentando que, além de 14 feridos, que resultaram de dois acidentes de viação, a tempestade causou avultados danos materiais.

Leonildo Pelembe adiantou que os 14 feridos receberam assistência médica e o Serviço Nacional de Salvação Pública mantém-se atento à evolução do quadro clínico dos pacientes.

Além de vítimas mortais e dos danos materiais, acrescentou o porta-voz, a tempestade da segunda-feira causou um naufrágio na zona do clube naval, também na capital moçambicana, sem causar vítimas.

“Intensificámos agora a nossa prontidão e estamos preparados para assistir as pessoas”, declarou.

A forte tempestade da segunda-feira surpreendeu os munícipes de Maputo na hora de ponta, após o Instituto Nacional de Meteorologia ter previsto a ocorrência de chuvas fracas para cidade.

Várias infraestruturas, entre casas, postes e painéis de publicidade foram atingidas, principalmente nas zonas suburbanas, onde muitas vezes a qualidade das construções e do sistema de saneamento é deficiente.