Beleza e Bem Estar

O creme que conquistou Michelle Obama e Kate Middleton

1.659

Não é de caviar nem de placenta de ovelha. Nem corresponde às excentricidades famosas das figuras públicas. É orgânico, custa menos de 50 euros e é um milagroso anti-idade. Curiosa?

Autor
  • Helena Magalhães

Se leu o título e pensou que iríamos falar de um qualquer creme raro (e excêntrico) de caviar ou de placenta de ovelha — isto são modas de Kim Kardashian e Victoria Beckham –, na verdade a coisa é muito mais simples do que parece. Na semana passada, o site Elite Daily partilhou que, afinal, o creme que conquistou a princesa britânica e a ainda primeira dama americana é um simples produto não injetável da marca Biotulin que funciona como uma espécie de “botox orgânico”. O preço? Mais simpático do que o nome: cerca de 50€.

A informação partiu de Carl Ray, o maquilhador de Michelle Obama, que afirmou que, por recomendação de Kate Middleton, Michelle passou a usá-lo regularmente. O que faz este “botox orgânico”? Suaviza linhas e rugas de forma milagrosa. Há outro lado interessante nesta história: a forma como, além das redes sociais e dos novos influenciadores digitais, ainda há uma arma de poder nesta coisa que é a influência — o passa palavra. E, no meio de temas sérios como política e guerra, imaginar Kate e Michelle a conversarem sobre cremes mostra-nos como, no final do dia, não deixam de ser mulheres como nós.

LONDON, ENGLAND - APRIL 22: Catherine, Duchess of Cambridge speaks with First Lady of the United States Michelle Obama in the Drawing Room of Apartment 1A Kensington Palace as they attend a dinner on April 22, 2016 in London, England. The President and his wife are currently on a brief visit to the UK where they attended lunch with HM Queen Elizabeth II at Windsor Castle and later will have dinner with Prince William and his wife Catherine, Duchess of Cambridge at Kensington Palace. Mr Obama visited 10 Downing Street this afternoon and held a joint press conference with British Prime Minister David Cameron where he stated his case for the UK to remain inside the European Union. (Photo by Dominic Lipinski - WPA Pool/Getty Images)

Carl Ray afirma que Michelle prefere uma rotina de beleza natural, além de fazer exercício, beber água e ter uma dieta saudável. Já Kate afirmou noutras entrevistas que também é fã de alguns produtos de Lancôme, como o Hydra Zen Face Cream e o Advanced Genifique Serum. (Foto: Dominic Lipinski/WPA Pool/Getty Images)

Supreme Skin Gel da marca britânica Biotulin é o “agora tornado famoso” creme e contém um ingrediente anestésico natural extraído da planta Acmella oleracea (mais conhecida por Jambu) que inibe as contrações musculares ao redor dos olhos e reduz as linhas finas e as rugas. Se pesquisar por esta planta no Google vai encontrar vários sites que explicam que é uma alternativa natural ao botox. O ponto forte deste creme é que também contém um extrato vegetal da América do Sul, conhecido pelas suas propriedades hidratantes intensas, e, como já vem sendo habitual nos cremes anti-idade, ácido hialurónico, um poderoso ativo hidratante e rejuvenescedor.

Biotulin

O creme que conquistou a realeza.

Kate e Michelle dizem que o produto é milagroso mas que, como em praticamente todos os cosméticos de tratamento, é preciso esperar algumas semanas até ver resultados. Já a marca garante que uma hora após a aplicação é possível notar a pele mais firme e lisa.

Se por ter lido a palavra botox já está assustada, não há motivos para ter qualquer receio: não restringe as expressões faciais (como um botox mal feito pode fazer) ou causa quaisquer efeitos colaterais até porque, como já dissemos lá em cima, é orgânico.

O produto integra uma nova era de cosméticos que não substitui mas atrasa consideravelmente a necessidade de injeções de botox ou preenchimentos de ácido hialurónico, ao conseguir resultados visíveis e aprovados no rejuvenescimento. Pode comprar o Supreme Skin Gel no próprio site da marca (que vende para Portugal, por mais 7€ de portes de envio) e conhecer, na fotogaleria, outros produtos que se vendem no nosso mercado e que seguem a mesma filosofia. Assim, se tem medo das injeções, estas soluções são para si.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)