Um octogenário morreu e a mulher ficou em estado grave suspeitando-se de uma intoxicação por monóxido de carbono em Telões, Vila Pouca de Aguiar, disse fonte dos bombeiros.

A comandante dos bombeiros de Vila Pouca de Aguiar, Diana Silva, disse à agência Lusa que o óbito do homem de cerca de 80 anos foi declarado no local pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Vila Real.

A responsável disse ainda que a mulher, também de cerca de 80 anos, foi transportada para a unidade de Vila Real do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro em “estado considerado grave”.

Os dois idosos foram encontrados em casa, na aldeia de Soutelinho do Mezio, freguesia de Telões, suspeitando-se que tenham sido intoxicados por inalação de monóxido de carbono devido ao sistema de aquecimento.

O alerta foi dado por familiares e vizinhos cerca das 13h30.

Para o local foram acionadas duas ambulâncias da corporação de Vila Pouca de Aguiar, a VMER e a GNR, que tomou conta da ocorrência.