Das mais enérgicas às mais calmas, das que exigem passos elaborados às que são simples nos movimentos, há estilos de dança para todos os gostos.

E, quer opte pelo ballet, merengue, jazz ou kizomba, uma coisa é certa: os benefícios não se ficam só no momento em que pratica.

Um estudo recente feito pela rede de divulgação científica Frontiers in Aging Neuroscience demonstra que, entre outros benefícios, a dança contribui para retardar o processo de envelhecimento. Três grupos de adultos foram estudados durante a prática de atividades físicas, um deles enquanto dançava o estilo country. Pela necessidade de aprendizagem e domínio de coreografias e pelo efeito de socialização que as aulas implicavam, os resultados demonstraram melhorias de funções cerebrais, como a velocidade de processamento.

Se há muito pensa em aprender ou aperfeiçoar algum estilo, aproveite a data e neste Dia Mundial da Dança aventure-se.

O Observador reuniu dez escolas para que possa começar a praticar (e também há aulas para “pés de chumbo”).

Alunos de Apolo

A Sociedade Filarmónica Alunos de Apolo deu os primeiros passos há já muito tempo, em 1872. Danças desportivas de salão, salsa e sevilhanas são os estilos que aqui pode aprender. Não há limites de idade e os mais pequenos podem estrear-se a partir dos seis anos. As aulas podem ser de grupo, mas se ao início a timidez não permitir, há também aulas privadas ou em casal. As mensalidades começam nos 30€.

Getty Images

Jazzy

Na Jazzy o difícil vai ser escolher por onde começar: street jazz, afro house, pop dance, forró, bollywood. Estes são apenas alguns dos muitos estilos que aqui encontra. Há três escolas para praticar estas modalidades: em Almada, no Saldanha e em Santos. As mensalidades começam nos 45€. E experimentar aqui não custa — literalmente. A escola quer que dê o primeiro passo e, por isso, permite experimentar os diferentes estilos de forma gratuita, bastando marcar a hora e a escola mais conveniente aqui.

Academia Danças do Mundo

Se pensa que não tem jeito para isto e que não há hipótese para aventuras, desengane-se. Na Academia Danças do Mundo há uma aula destinada aos que já não têm esperança: a Pés de Chumbo. É um género de desafio para mostrar aos menos confiantes que é possível dançar e dançar bem. Afonso Costa e Camila Alves são os professores permanentes, aos quais se juntam, em cursos e workshops, outros professores convidados. Além da modalidade para Pés de Chumbo, há também hip hop, kizomba, semba, forró, salsa cubana e danças sociais. As mensalidades começam nos 25€.

Stage Center Maiolle

Situa-se em Campo de Ourique e é uma das novas escolas de dança e artes de palco da cidade que pretende “sensibilizar, educar e formar jovens e adultos através do ensino artístico”.

A escola abriu em 2017. Kelly Maiolle, bailarina, professora, coreógrafa e produtora, há mais de 30 anos, é a responsável pelo projeto.

Aqui pode experimentar lyrical jazz, burlesque, contemporâneo, comercial jazz, dança clássica, kizomba, forró, ritmos do mundo e dança oriental. A escola tem diferentes preços para modelos de aulas particulares, experimentais ou avulso.

Stage Center Maiolle

FullOut Dance Academy

Aos “curiosos, adeptos, praticantes, profissionais, pessoal com garra e determinação, mas também para tímidos à espera de uma oportunidade para conhecer um novo mundo de movimento e som”, a FullOut Dance Academy lança o desafio: “acabar com o stress e fazer as pazes com o dia-a-dia”.

Tudo, claro está, por causa da dança. Nos quatro estúdios que a escola tem pode aprender ballet, jazz, salsa, hip hop, danças de salão e kizomba. Os preços variam, de acordo com a modalidade pretendida.

Dance4U

Ritmos Cubanos, afrolatinas, dança oriental tribal, dança do ventre, burlesque. Cinco estilos, mas há mais passos a dar na Dance4U. No total, são 16 géneros.

O acompanhamento individual aos alunos e as aulas de grupo de número reduzido de participantes são elementos diferenciadores desta escola que é membro do Conselho Internacional de Dança da UNESCO.

Os preços das aulas vão dos 7,5€ aos 25€.

Dance4U

Academia Pedro Sousa

Nesta academia pode optar por fazer um workshop intensivo de jazz e contemporâneo, além das aulas semanais em que se pode inscrever que vão desde as que lembram os espetáculos da Broadway, às mais conhecidas como tango argentino ou dança do ventre. O workshop acontece já em junho, dia quatro. Neste evento, a ensinar diferentes passos de dança do estilo jazz e contemporâneo vão estar dez professores. O preço do workshop é de 35€, as aulas começam nos 25€.

Academia de Dança Buenavista

Localizada no centro da cidade do Porto, na Rua Sá da Bandeira, a Academia de Dança Buenavista tem dez modalidades para os alunos experimentarem. Por forma a melhorar a performance de cada aluno, a escola tem estratégias como uma aula de técnica corporal e controlo, a Body Isolations, gratuita para quem pratique qualquer modalidade. Além disso, todos os meses esta academia organiza uma festa onde os seus alunos mostram o que aprendem durante as aulas. Os preços variam, de acordo com o tipo de acompanhamento pretendido.

Academia de Dança Buenavista

Global Dança

Dança, teatro, música e artes marciais. Na Global Dança pode aproveitar para espreitar outras modalidades como Viet Vo Dao, uma arte marcial vietnamita. Sobre a originalidade das danças, a aulas para noivos e familiares dos noivos é uma delas. Se está prestes a enfrentar o momento em que a pista se abre para que seja você a estrela e precisa de uma ajuda, esta pode ser uma opção. Há também danças de salão, tango, hip-hop, zumba. Os preços variam entre os 10€ e os 45€.

APAM – Associação para a arte e movimento

A APAM é responsável pelo Festival de Dança de Viana, mais recentemente conhecido por Festival Norte Dança, que conta já com 19 edições. Entre as diferentes modalidades, há ballet para adultos e barra no solo. Com ou sem experiência, há aulas para todos os níveis. Os preços variam, de acordo com a modalidade pretendida.