Pelo menos cinco pessoas, incluindo uma criança, morreram na terça-feira na sequência da explosão de um ‘rocket’ numa praia de Tripoli, informou o Ministério da Saúde da Líbia. Outras 25 pessoas terão ficado feridas na explosão que ocorreu na praia, localizada em frente ao aeroporto de Meitiga, no leste da capital líbia, acrescentou o Ministério da Saúde em comunicado.

Fonte do Ministério do Interior indicou que foram registados confrontos na terça-feira entre as forças de segurança e um grupo “fora da lei” no perímetro do aeroporto.

Essa fonte, que falou sob a condição de anonimato, citada pela agência noticiosa francesa AFP, afirmou, porém, desconhecer se o ataque contra civis foi premeditado.

Desde a queda em 2011 de Muammar Kadhafi, que dirigiu a Líbia com “mão de ferro” durante 42 anos, o país encontra-se dividido devido às rivalidades entre as suas milícias e dezenas de tribos.

Duas autoridades políticas disputam o poder: o governo de união nacional, que tomou posse em março de 2016, baseado em Tripoli, e uma autoridade rival que controla uma grande parte do leste líbio e se apoia no parlamento eleito instalado em Tobruk.