O primeiro-ministro esteve esta segunda-feira ao início da noite, em São Bento, reunido com o ministro da Saúde a preparar uma reunião que Adalberto Campos Fernandes terá na terça-feira com o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP).

Fonte oficial do executivo disse à Lusa que António Costa e o titular da pasta da Saúde estiveram reunidos no final do Conselho de Ministros Extraordinário, que também teve lugar em São Bento — e que foi dedicado exclusivamente ao tema das opções estratégicas de Portugal para os quadros comunitários de apoio na próxima década. Esta reunião entre o líder do executivo e o ministro da Saúde, depois de um dia de greve nacional dos enfermeiros, levou António Costa a cancelar a sua presença, na qualidade de secretário-geral do PS, numa ação de campanha de apoio à reeleição do atual presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos, André Rijo.

Os enfermeiros iniciaram esta segunda-feira uma greve (que decorrerá até sexta-feira), marcada pelo Sindicato Independente dos Profissionais de Enfermagem (SIPE) e pelo Sindicato dos Enfermeiros (SE), contra a recusa do Ministério da Saúde em aceitar a proposta de atualização gradual dos salários e de integração da categoria de especialista na carreira. Estes profissionais reclamam ainda a aplicação do regime das 35 horas semanais de trabalho a todos os enfermeiros.

A Secretaria de Estado do Emprego considerou irregular a marcação da greve, alegando que o pré-aviso não cumpriu os dez dias úteis que determina a lei.