Os museus da zona de Belém, em Lisboa, abrem as portas fora de horas, esta sexta-feira e no sábado, no âmbito do Belém Art Fest, que liga música, atuações de músicos e bandas, e património.

Haverá concertos no Claustro do Mosteiro dos Jerónimos, no Museu Coleção Berardo, no Museu Nacional de Arqueologia, no Museu da Presidência da República e nos Jardins do Palácio de Belém e no Picadeiro Real do Museu dos Coches.

Com horário alargado, entre as 19:00 e as 04:00, estará também o Museu Nacional dos Coches. Nos Jardins da Praça do Império haverá um mercado de ‘design’ e artesanato e uma área de comida de rua.

Pelo sexto ano consecutivo, de acordo com a organização, “o festival dos museus à noite oferece uma programação de luxo no património histórico português, proporcionando espetáculos e concertos únicos em espaços exclusivos durante dois dias de fusão cultural que ligam a música, a arte e o património”.

O Claustro do Mosteiro dos Jerónimos acolhe os concertos de Tiago Bettencourt e Valter Lobo, esta sexta-feira, e de Rui Veloso e Hearts and Bones, no sábado. Para o Museu Coleção Berardo estão marcadas as atuações de DJ Ride, DJ JonyDaFox, LOT, Thunder&Co e Dymanic Duo (Stikup + DJ Cruzfader) (setxa-feira), Octa Push, Sampladélicos e Surma (sábado).

No Picadeiro Real do Museu Nacional dos Coches atuam Marta Hugon, Jacarés (sexta-feira) e Joana Alegre e Terraza (sábado), no Museu Nacional de Arqueologia Sean Riley & the Slowriders, King John (sexta-feira), Meadows e Trêsporcento (sábado), no Museu da Presidência da República Janeiro (sexta-feira) e Maura (no sábado) e nos Jardins do Palácio de Belém Trio Edna, Cais Sodré Funk Connection (sexta-feira), Dead Combo e Joana Barra Vaz (sábado).

O Belém Art Fest é uma produção da Amazing Adventure, em parceria com a promotora Everything is New, a Direção-Geral do Património Cultural, o Museu Coleção Berardo, a Câmara Municipal de Lisboa e a Junta de Freguesia de Belém.