O piloto português Miguel Oliveira (KTM) conseguiu o 11.º tempo na qualificação para a prova de Moto2 do Grande Prémio de Itália, sexta prova do Mundial de motociclismo de velocidade.

No circuito de Mugello, Oliveira, segundo classificado do Mundial de Moto2, não foi além da 11.ª marca qualificativa, rodando em 1.52,145 minutos, a 0,570 segundos do italinao Mattia Pasini.

Na primeira linha da grelha, Pasini vai ter a companhia do alemão Marcel Schrotter (Kalex), que gastou mais 0,030 segundos do que o italiano, e do espanhol Alex Marquez (Kalex), que ficou a 0,067.

O líder do campeonato, o italiano Francesco Bagnaia (Kalex), vai partir para a prova de domingo na quarta posição, depois de ter gastado mais 0,346 segundos do que o seu compatriota.

Em MotoGP, categoria rainha, o italiano Valentino Rossi (Yamaha) voltou a conseguir uma ‘pole position’, algo que já não alcançava desde o Grande Prémio do Japão de 2016.

‘Il Dottore’ bateu o recorde da pista, ao rodar em 1.46,208 minutos, menos 0,035 segundos do que o espanhol Jorge Lorenzo (Ducati) e 0.096 do que o também espanhol Maverick Viñales (Yamaha).