O centro tecnológico que a Zalando está a montar em Lisboa fica localizado na Avenida da Liberdade e vai empregar 60 pessoas, informou a empresa esta quinta-feira, em comunicado. O hub português é o terceiro que a plataforma de moda e lifestyle líder na Europa lança a nível mundial.

“Estou bastante entusiasmado em podermos adicionar outro hub tecnológico internacional ao nosso portefólio”, afirma Philipp Erler, um dos responsáveis pela experiência digital da Zalando. “É muito importante que possamos desenvolver, aumentar e envolver um grupo diversificado de talento tecnológico dentro da Zalando.”

Desde o início das operações em Portugal, em dezembro de 2017, que a Zalando conta com 16 colaboradores, incluindo gestores de produto, designers UX e engenheiros. No final do ano, a empresa estima ter uma equipa de 35 pessoas em Lisboa, que vão trabalhar em conjunto com as equipae de experiência digital em Berlim, outros centros na Alemanha, Helsínquia e Dublin.

“O motivo que nos trouxe para Lisboa é simples: com o crescimento da Zalando, precisamos de ir para onde está o talento. Lisboa reúne um ótimo ecossistema tecnológico. Permite-nos atrair o talento que precisamos para melhorar a experiência de compra dos nossos clientes”, afirmou Marc Lamik, diretor da Zalando Digital Portugal.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Em novembro, Marc Lamik já tinha dito que queria montar uma equipa de trabalho em Lisboa, mantendo o espírito empreendedor que caracteriza a empresa. “Queremos ter pessoas boas a trabalhar para nós. Não vamos contratar massas, mas sim pessoas qualificadas, os melhores talentos. E Lisboa é boa para isso”.

Zalando não quer “contratar massas” para o centro tecnológico de Lisboa. “Queremos os melhores”

A Zalando é a principal plataforma de moda e lifestyle online da Europa para mulheres, homens e crianças, com quase 2.000 marcas internacionais. Está presente em 17 mercados europeus: Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Espanha, Suécia, Suíça, Polónia e Reino Unido.