Rádio Observador

Elon Musk

Elon Musk chamou pedófilo a mergulhador britânico que ajudou a resgatar as crianças na Tailândia

704

Um dos mergulhadores que salvou as crianças da gruta tailandesa sugeriu que Musk podia "enfiar o submarino onde mais lhe doesse". O bilionário respondeu chamando-lhe pedófilo. Depois apagou o post.

Getty Images

Elon Musk envolveu-se numa acesa troca de insultos via Twitter com um dos mergulhadores que participaram nas operações de resgate da equipa de futebol que ficou encurralada numa gruta na Tailândia. Depois de ter visto o seu projeto criticado pelo mergulhador, Elon Musk respondeu-lhe chamando-lhe pedófilo.

O mergulhador britânico Vern Unsworth, que esteve envolvido na complexa operação de resgate, acusou Elon Musk de usar a operação de resgate para fazer “campanha publicadade” com o projeto do “mini-submarino”.

Não existe forma de funcionar”, disse Unsworth. “Ele não fazia ideia de como era a passagem dentro da gruta. O submarino, penso eu, era sólido com 1.6m de comprimento, pelo que seria incapaz de contornar quaisquer obstáculos”.

[Reveja no vídeo como funcionaria o submarino de Elon Musk para ajudar no resgate na Tailândia]

Numa entrevista ao canal norte-americano CNN, o mergulhador foi mais longe e sugeriu a Elon Musk que “enfiasse o submarino onde mais lhe doesse”.

“Desculpa, pedófilo. Estavas a pedi-las”, respondeu o bilionário sul africano,  que não terá gostado das observações feitas sobre o seu projeto e reagiu com um tweet.

Uma chuva de críticas caiu sobre Musk quase de imediato. Muitos dos seus seguidores afirmaram ser “perigoso” e irresponsável fazer alegações dessa natureza.

Um utilizador questionou se Musk estava “a chamar o homem que encontrou as crianças de pedófilo”, ao que o empresário respondeu com um “aposto que é verdade”. Recuou pouco depois e apagou todas as publicações relacionadas.

A situação não é nova para Elon Musk, que tinha afirmado no passado que seria menos combativo nas redes sociais. “Eu assumia – erradamente – que quando alguém no Twitter me atacava era época aberta. Foi um erro meu. Vou corrigir isso”

O canal australiano Channel 7 News, perguntou esta segunda-feira ao mergulhador se estava a considerar tomar alguma medida legal contra Elon Musk. Unsworth respondeu afirmativamente: “Sim, isto não acabou.”

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)