Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos de Macau (SMG) emitiram esta terça-feira o sinal 1 de tempestade tropical, devido à aproximação de uma tempestade no mar do Sul da China.

De acordo com o site dos SMG, a depressão tropical localizava-se às 5h (22h de segunda-feira em Lisboa) a cerca de 750 quilómetros a sudeste de Macau, perto de Luzon, nas Filipinas, e encaminhava-se para a ilha chinesa de Hainão, a cerca de 470 quilómetros a oeste do território. Os mesmos serviços admitiram uma “probabilidade baixa” de emitir o sinal 3 durante a manhã.

Devido à influência da tempestade tropical foi também emitido um alerta de “storm surge” [subida do nível das águas], com probabilidade moderada de ocorrerem inundações entre as 11h (4h em Lisboa) e as 15h (8h em Lisboa). As autoridades disseram prever inundações, de cerca de 50 centímetros, nas áreas baixas de Macau.

No fim de semana passado, na zona do Porto Interior, registaram-se ligeiras inundações. A temporada de tufões arrancou em junho e prolonga-se até outubro, segundo previsões das autoridades.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A escala de alerta de tempestades tropicais é formada pelos sinais 1, 3, 8, 9 e 10, os quais são hasteados tendo em conta a proximidade da tempestade e a intensidade dos ventos.

No ano passado ocorreram oito tempestades tropicais e durante a passagem do tufão Hato, o pior nos últimos 53 anos, as rajadas máximas de vento atingiram os 217,4 quilómetros por hora.

O Hato, que atingiu Macau em 23 de agosto passado, causou dez mortos, mais de 240 feridos e prejuízos avaliados em 1,3 mil milhões de euros.