439kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Presidente da Iniciativa Liberal demite-se depois de polémica com a página do partido no Facebook

Este artigo tem mais de 3 anos

A polémica com a origem da página do partido no Facebook levou a uma discussão interna na Iniciativa Liberal. Maioria decidiu manter a página. O presidente não concordou e demitiu-se.

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Existe há poucos meses, mas já conta com a sua primeira crise interna. O recém-formado partido Iniciativa Liberal (IL) ficou hoje sem presidente. Miguel Ferreira da Silva demitiu-se do cargo, esta quinta-feira, na sequência de uma notícia da Rádio Renascença que dava conta de que a página oficial do partido no Facebook tinha sido criada, originalmente, para apoiar António Costa.

Na verdade, não foi a notícia em si que fez cair o líder dos liberais, mas sim a posição que o partido decidiu assumir perante a divulgação da notícia. Havia duas soluções em cima da mesa: ou eliminava-se a página do partido ou mantinha-se inalterada. Havia apenas uma questão que parecia consensual internamente: independentemente da eliminação ou não da página, era necessário criar uma nova, do zero. A direção da IL reuniu-se e decidiu manter a página, enquanto se começava a preparar a sua substituta.

Ora, a posição do líder dos liberais era precisamente a oposta. Miguel Ferreira da Silva tentou que o partido o seguisse, mas a maioria da Comissão Executiva, que se reuniu esta quarta-feira, votou em sentido contrário. Depois de ter sido derrotado, considerou que devia retirar ilações políticas e, na tarde desta quinta-feira, anunciou que vai apresentar a sua demissão da liderança do partido.

O anúncio foi feito na sua página pessoal, precisamente no Facebook. Numa publicação intitulada “Obviamente demito-me. Liberdade implica responsabilidade”, Miguel Ferreira da Silva explica que a discussão interna que se seguiu à divulgação da origem da página partidária terminou com conclusões opostas às que defendia. A partir desse momento, considerou que não havia condições para continuar à frente do partido. “Sou a favor do fim da página. Votei vencido pela convicção inabalável de que o liberalismo implica responsabilidade. Acreditando que não é possível apontar o caminho sem estar disponível a percorrê-lo, apresentei a minha demissão, por não me rever na posição aprovada pela direção do partido”, pode ler-se na publicação.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Poucas horas antes, a Iniciativa Liberal tinha publicado na sua página oficial – a da polémica – uma nota onde explicava a sua visão da polémica. Segundo a nota, “no final de 2016, os membros fundadores do que viria a ser a Associação Iniciativa Liberal tiveram conhecimento da origem da página, estiveram de acordo que essa era uma informação irrelevante na sua decisão de fazerem parte deste projeto, preferindo manter os contributos e ideias recebidas como Iniciativa Liberal.”

Por isso, entenderam que as razões para se manter a página continuavam atuais, apesar de estarem a trabalhar na criação de uma nova página de Facebook. O Observador tentou falar com o dirigente demissionário, mas até ao momento não obteve resposta.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.