Benchmarking é, essencialmente, comparar o seu negócio ou produto com o melhor da indústria ou com um concorrente específico, considerado a referência. E como o Model S é o mais potente e mais rápido automóvel eléctrico do momento, faz sentido que a Porsche oponha o Taycan ao carro americano, mais que não seja à falta de melhor. Porém, os alemães continuam a negar que o Model S seja o benchmark para a sua berlina a bateria.

Depois de terem sido apanhados em diversas ocasiões na Alemanha, com os protótipos do Taycan a rodar juntamente com Model S e X, eis que os engenheiros da Porsche foram de novo vistos a comparar o desempenho entre o seu carro e o da Tesla. O local escolhido foi a montanhosa estrada entre a Suíça e Itália, que tem o seu ponto mais alto no cume de Stelvio – exactamente aquele que dá o nome ao SUV da Alfa Romeo –, a 2757 metros de altitude.

Junto aos dois protótipos do Taycan está um Model S, mas dos antigos e um velhote P85D, uma vez que o Tesla preto pertence a Frank Cooreman, que descobriu o grupo e tirou as fotos. Ter um carro já com uns anos, com uma capacidade de bateria que não de produz e muito mais reduzido do que o Model S tem para oferecer (P100D) a servir de termo de comparação, contra um modelo que apenas irá ser comercializado em 2020 é algo raro, e deixa a ideia que o veículo foi adquirido pela Porsche, pois os Model S desta geração já nem estão disponíveis no mercado de aluguer. Como se isto não bastasse, comparar um veículo que vai surgir daqui a um ano e meio, com outro que já não se fabrica, ou visa enganar o board da Porsche, convencendo-os que o Taycan é o “state of the art”, ou enganar os clientes, o que será substancialmente mais difícil de conseguir. A Electrek divulgou o momento do insólito:

Mais recentemente, o CEO da Porsche, Oliver Blume, que de início defendeu que o Model S não era rival da sua marca – e na realidade só o é à falta de alternativas melhores –, veio depois admitir que a Tesla está a conquistar alguns dos seus clientes. Isto significa que se o Model S não é benchmark para o Taycan, é-o para os clientes da marca alemã.