O peso da atividade do jogo em Macau cresceu em 2017 e representou 49,1% do setor terciário, que é o setor económico predominante do território administrado pela China, anunciaram esta quarta-feira fontes oficias. De acordo com os Serviços de Estatística e Censos (DSEC), o peso do setor terciário na economia de Macau, cresceu de 93,3% em 2016 para 94,9% em 2017.

Deste setor, as “lotarias, outros jogos de aposta e atividade de promoção de jogo” representam 49,1%, um crescimento de 2,5 pontos percentuais em relação ao 2016. O valor acrescentado bruto do setor do jogo aumentou 29,12 mil milhões de patacas (3,16 mil milhões de euros).

Para o crescimento do setor terciário contribuiu o peso do comércio por grosso e a retalho (5,6%) e dos hotéis e similares (4,3%), que cresceu 0,3 e 0,2 pontos percentuais, respetivamente.

Os números avançados pela DSEC demonstram que a economia de Macau é cada vez mais dependente do setor terciário, já que o peso do setor secundário no valor acrescentado bruto no total dos ramos de atividade económica foi, em 2017, de 5,1%, em comparação com 6,7% em 2016.

A queda de 20,6% do setor secundário deveu-se, de acordo com a DSEC, à diminuição do peso da construção, que apresentou um decréscimo de 28,8% em relação a 2016.