Família Real Britânica

Kate Middleton faz 37 anos: a evolução da futura rainha de Inglaterra

423

Aos 37 anos, há oito ao ritmo da agenda real, Kate Middleton aprendeu a viver discretamente. Na moda, mostrou que é possível reutilizar. No dia-a-dia, prepara-se para o momento em que será rainha.

Kate Middleton casou com o príncipe William, o segundo na linha de sucessão ao trono britânico, em abril de 2011. Inglesa e descendente de uma família de aristocratas, viu, há quase oito anos, o seu destino traçado — um dia, a duquesa de Cambridge será rainha consorte. Aos 37 anos, aniversário que assinala esta quarta-feira, 9 de janeiro, Kate tem uma imagem construída. Discreta, dedicada à família e determinada a evitar uma exposição pública excessiva, em 2018 teve o seu protagonismo mediático ensombrado por Meghan Markle, um fenómeno de popularidade à escala planetária.

Mãe de três filhos — George, de cinco anos, Charlotte, de três, e Louis, com oito meses –, é-lhe reconhecido o esforço de manter um quotidiano normal, mesmo fazendo parte do núcleo duro da realeza britânica. Com William, reduz as aparições públicas não oficiais ao mínimo indispensável. Além de evitar as atenções mediáticas no dia-a-dia, o casal já foi apontado por marcar presença em poucos eventos oficiais. Ainda assim, em 2018, ano em que deu à luz o seu terceiro filho e se manteve presente na educação dos restantes dois, Kate Middleton teve 87 compromissos oficiais, um número que tenciona aumentar neste novo ano. Frequentemente associada a instituições que trabalham com crianças, a duquesa de Cambridge faz planos para intensificar a sua ação social. A revista Tatler fala na primeira grande campanha a solo da futura rainha, programa que deverá arrancar ainda no início deste ano.

Na vida familiar, os duques esforçam-se por permanecer presentes na educação dos filhos e por levar uma vida o mais próxima possível da dos cidadãos comuns. A dois dias do Natal, Kate foi vista a fazer compras numa loja de decoração e bricolagem conhecida pelos descontos e preços baixos. Nas suas escolhas de vestuário, Middleton também mantém os pés na terra. Nos últimos anos, muitas têm sido as notícias sobre peças de roupa reutilizadas, mesmo em aparições oficiais. Questão que a futura rainha parece encarar com naturalidade. Se em ocasiões formais, a preferência de Kate recai frequentemente sobre a marca Alexander McQueen (desde o próprio vestido de noiva), no dia-a-dia, o guarda-roupa chega mesmo a incluir peças de lojas mais acessíveis, como é o caso da Zara.

Apesar de William ter um compromisso oficial marcado para esta quarta-feira, espera-se que o dia de aniversário de Kate seja passado em família. Através do Instagram, o Palácio de Kensington já agradeceu as mensagens de parabéns dirigidas à duquesa desde o início do dia. “Obrigado a todos pelas mensagens carinhosas a propósito do aniversário da duquesa de Cambridge”, lê-se.

Kate Middleton pode estar a preparar-se para intensificar o ritmo das suas aparições públicas, mas no que toca a mediatismo, a sua cunhada, Meghan Markle, não lhe vai facilitar a vida. Grávida, a duquesa de Sussex deverá dar à luz até ao final do primeiro trimestre deste ano, o que faz dela, mais uma vez, o centro de todas as atenções.

Na fotogaleria, reunimos alguns looks marcantes de Kate Middleton, ao longo de oito anos de aparições públicas como membro da família real britânica.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mgoncalves@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)