Açores

IPMA eleva para laranja aviso de chuva em duas ilhas dos Açores

O IPMA alerta para uma chuva forte nas ilhas do grupo Ocidental dos Açores e o vento será mais intenso nas ilhas do grupo Central, com rajadas na ordem dos 100 quilómetros por hora.

ANTÓNIO ARAÚJO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta terça-feira para laranja o aviso de chuva forte nas ilhas do grupo Ocidental dos Açores, devido a uma superfície fria que vai afetar o arquipélago, em especial na quarta-feira.

Uma superfície frontal fria com ondulações, com atividade moderada a forte, condicionará o estado do tempo em todo o arquipélago, especialmente na quarta-feira. Provocará precipitação forte em todas as ilhas, particularmente nas ilhas do grupo Ocidental (Flores e Corvo), onde se emitiu um aviso laranja”, refere a delegação regional dos Açores do IPMA.

Segundo o documento, o vento será mais intenso nas ilhas do grupo Central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial), com rajadas na ordem dos 100 quilómetros por hora.

A Proteção Civil dos Açores emitiu um alerta devido às previsões de agravamento do estado do tempo, na sequência de uma superfície frontal fria associada a uma depressão que vai começar a afetar o grupo Ocidental já esta terça-feira.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Caixa Geral de Depósitos

Caixa para que te quero

Inês Domingos

Centeno quis a toda a força financiar a Caixa para lá do que seria aparentemente preciso, mas disse no Parlamento que não tem interesse no resultado da auditoria que revelou os desmandos socialistas. 

Governo

A famiglia não se escolhe? /premium

Alberto Gonçalves
248

Se ainda não se restringiu o executivo aos parentes consanguíneos ou afins do dr. Costa, eventualidade que defenderia com empenho, a verdade é que se realizaram amplos progressos na área do nepotismo

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)