Rádio Observador

Documentários

“Anjo” de Miguel Nunes selecionado para o Festival de Documentários de Copenhaga

1.870

A curta-metragem estreou no Festival IndieLisboa, no ano passado. O filme retrata uma Lisboa assombrosa na qual Miguel se passeia, por entre festas improvisadas, amigos e paixões antigas.

"Anjo", marca a estreia de Miguel Nunes enquanto realizador

KAY NIETFELD/EPA

“Anjo”, o primeiro filme realizado por Miguel Nunes, foi o único português selecionado para o festival internacional de filmes documentais CPH:DOX, que decorre entre os dias 20 a 31 de março em Copenhaga, foi anunciado esta sexta-feira.

O filme, que se estreou em Portugal no Festival IndieLisboa, no ano passado, foi selecionado para a categoria Next: Wave Competition dedicada a novos e promissores cineastas no Festival Internacional de Documentários de Copenhaga, um dos mais importantes festivais europeus de cinema, divulgou esta exta-feira a Portugal Film – Agência Internacional de Cinema Português, responsável pela sua distribuição.

A exibição da curta-metragem “Anjo” (“You see the moon”) em Copenhaga marca a estreia do filme e do seu realizador num festival por onde têm passado alguns dos cineastas contemporâneos “mais interessantes”. O filme “Anjo” fala de uma Lisboa veranil, onde o protagonista, Miguel, se passeia entre apartamentos, festas improvisadas, encontros com amigos e paixões antigas.

Miguel Nunes nasceu em Lisboa em 1988, licenciou-se em teatro e começou a sua carreira como ator aos 12 anos, em séries juvenis.

Na área da representação, trabalhou com João Pedro Rodrigues, João Botelho, Teresa Villaverde, Margarida Gil, Ivo Ferreira, entre outros realizadores. Em 2011, Miguel Nunes venceu o Prémio de Jovem Ator no LEFFEST, com a longa-metragem “Cisne”, de Teresa Villaverde.

Em 2016, protagonizou o filme “Cartas da Guerra”, de Ivo Ferreira, que se estreou na Competição Oficial do Festival de Berlim, tendo sido aclamado como um dos mais importantes filmes portugueses recentes.

“Anjo”, de 2018, marca a sua estreia enquanto realizador, sendo também, juntamente com Francisco Mira Godinho, um dos argumentistas.

O filme tem direção de fotografia de Manel Pinho Braga e conta, no elenco, com o próprio Miguel Nunes e com Edgar Morais, Joana Verona, Erica Prince, Beatriz Godinho, Lucília Raimundo, Miguel Raposo, César Gomes, Ana Vilela da Costa, Luke Eberl, João Pedro Mamede e Isabel Costa.

Veja o excerto da curta-metragem “Anjo” de Miguel Nunes. 

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)