A Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) decidiu esta quinta-feira estender até sexta-feira o fim do prazo para apresentação de candidaturas a bolsas de doutoramento devido a problemas no acesso à plataforma informática, indicou o presidente, Paulo Ferrão.

O prazo para a submissão das candidaturas terminava às 17 horas desta quinta-feira e foi alargado até às 17 horas de sexta-feira, para que “ninguém fique prejudicado”, disse à Lusa o presidente da FCT. Segundo Paulo Ferrão, a plataforma para a submissão de candidaturas está a funcionar de forma mais lenta, desde o final deste manhã, devido ao “volume de candidaturas”, levando a que nem todas as pessoas consigam acedê-la e apresentar a sua candidatura.

No concurso de 2019, a FCT propõe-se atribuir 950 bolsas de doutoramento, subsídios anuais concedidos em regime de exclusividade a investigadores para a obtenção do grau académico de doutor. A FCT é a principal entidade, na dependência do Governo, que financia a investigação científica em Portugal.