Cerca de 100 operacionais, apoiados por 27 veículos e dois meios aéreos combateram este sábado um incêndio no Fundão, informou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco, acrescentando que não há habitações em risco.

O incêndio começou às 13h48, na localidade de Quinta da Esparrela, afetando apenas zona de mato e floresta, “com algumas áreas agrícolas pelo meio”, disse à agência Lusa fonte do CDOS de Castelo Branco, salientando que não havia habitações ou povoações em risco.

Às 16h00, de acordo com o CDOS, estavam mobilizados para o combate 92 operacionais, apoiados por 27 veículos e por dois meios aéreos. No combate já chegou a estar envolvido um terceiro meio aéreo.

O incêndio acabaria por ser dado como dominado ao final da tarde, disse à agência Lusa fonte do CDOS. Durante a tarde, o fogo, com uma frente ativa, lavrava entre as localidades de Pêro Viseu e Valverde, sendo que afetava apenas zona de mato e floresta.

Segundo o CDOS, às 18h00, deflagrou outro incêndio numa localidade vizinha, mas também esse encontra-se já dominado.