Rádio Observador

Fenprof

“Ensinam quando não estão em greve”. Palavras cruzadas do Expresso indignam Fenprof

2.041

Na última edição do semanário, um dos tópicos das palavras cruzadas dava como pista "Ensinam quando não estão em greve". A solução era "Professores". Sindicato exige um pedido de desculpas.

SÉRGIO AZENHA/LUSA

A Fenprof exige um pedido de desculpas ao jornal Expresso por causa das palavras cruzadas publicadas na edição do fim-de-semana passado. No primeiro tópico do jogo, a pista para a primeira palavra horizontal era “Ensinam quando não estão em greve”. A solução era “Professores”.

Em comunicado, a Fenprof fala em “enorme falta de respeito para com os docentes e a Escola portuguesa”.

Com aquela expressão das “palavras cruzadas” do Expresso, pretende-se, inegavelmente, transmitir a ideia de que os professores estão sempre em greve, ficando as sobras para ensinar. Os Professores portugueses têm, legitimamente, lutado pelos seus direitos que são também os da Escola. O recurso à greve não é feito sem prejuízos dos próprios professores, mas a greve é também um recurso a que têm direito e de que não abdicarão, apesar das pressões, essas sim, ilegítimas, que sobre eles possam ser exercidas”, lê-se no comunicado.

O maior sindicato dos professores quer, por isso, que o Expresso reconheça o erro e peça desculpa por ele. A ausência desse pedido, segundo a Fenprof, é “indesculpável”.

O Expresso ainda não respondeu ao comunicado da Fenprof. O Observador sabe que a reação à polémica será feita apenas na próxima edição do semanário.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: soliveira@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)