Rádio Observador

Proteção Civil

Substituído helicóptero de combate a incêndios de Évora após incidente com paraquedista

O helicóptero ficou inoperacional por danos estruturais provocados pela queda de uma paraquedista em cima do aparelho. Mulher ficou ferida com gravidade. Acidente ocorreu no domingo.

O helicóptero de substituição, que estava estacionado em Tires, está a operar desde quarta-feira

MÁRIO CRUZ/LUSA

O helicóptero de combate a incêndios com base no aeródromo de Évora que ficou inoperacional devido a um incidente com uma paraquedista foi substituído esta semana, disse esta quinta-feira à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

De acordo com a fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, o helicóptero de substituição, que estava estacionado em Tires, está a operar desde quarta-feira no Centro de Meios Aéreos de Évora.

O helicóptero de combate a fogos de Évora esteve inoperacional desde domingo, devido a danos estruturais provocados pela queda de uma paraquedista em cima do aparelho.

O incidente ocorreu no domingo à tarde, quando uma praticante de paraquedismo “aterrou” em cima do aparelho estacionado no aeródromo e sofreu ferimentos graves, tendo sido transportada para as urgências hospitalares, conforme explicou à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora.

Na sequência do incidente, o helicóptero sofreu alguns danos estruturais e vai ser reparado, referiu a fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Serviço Nacional de Saúde

SNS: Os Humanos

Fernando Leal da Costa

O Ministério não valoriza os seus melhores. Paradoxalmente, demoniza o recurso a todo o sistema, afunila a procura para um SNS saturado e, ao mesmo tempo, não valoriza os recursos humanos que tem.

História

O azar do museu Salazar /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
193

A ignorância e o fanatismo, que estão na origem dos totalitarismos, combatem-se com a verdade e o conhecimento. A ditadura não se vence com a ignorância, mas com a ciência.

Universidade de Coimbra

Fraca carne

Henrique Pereira dos Santos
4.202

Substituir carne por peixe (ou por vegetais), sem saber de que sistemas de produção (e de que ciência) estamos a falar é completamente vazio do ponto de vista da sustentabilidade ambiental.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)