Georgina Rodríguez vai ser uma das apresentadoras da 70ª edição do festival de Sanremo, que acontece entre 4 e 8 de fevereiro, em Itália. A participação da namorada de Cristiano Ronaldo está marcada para o terceiro dia do evento, mas até lá Georgina já dá que falar. Em entrevista à publicação italiana Grazia, a modelo fala sobre a experiência que se avizinha, sobre a maternidade e sobre como conheceu o avançado português.

“Estremeci e saltaram faíscas”, diz, recordando a primeira vez que viu Ronaldo numa loja da Gucci, em Madrid, onde trabalhava. Admitiu que ficou impressionada pela “altura, físico e beleza” de Ronaldo, e revelou que sentiu-se “agitada” por estar diante de uma pessoa que “com apenas um olhar” a “tocou profundamente”. Após mais dois anos de relação, Georgina afirma que não pode sair à rua tranquilamente porque há sempre alguém que a quer fotografar.

À revista Grazia, citada pelo El País, Georgina disse, a propósito do seu papel de apresentadora no vindouro festival, que é “uma mulher independente e que chegou a hora de descobrir o quanto”, acrescentando que o que realmente deseja é que as pessoas a descubram. “Não há melhor lugar do que o festival.”

A modelo esclareceu que aceitou participar numa das galas do festival porque “é uma mulher” e deseja trabalhar “e ser autónoma”. “Não devo descuidar a minha esfera profissional e gosto de trabalhar no campo artístico”, garantiu sem antes afirmar que os filhos são o mais importante.

Rodríguez já tem alguma experiência nesta área, uma vez que no passado mês de novembro apresentou uma das categorias dos European MTV Awards, que aconteceu em Sevilha.