Os três jovens que morreram num acidente na Segunda Circular esta sexta-feira, filmaram-se momentos antes a alta velocidade, tendo partilhado os vídeos nas redes sociais. A TVI foi um dos muitos meios de comunicação que mostrou esses vídeos, que se tornaram entretanto virais.

Num dos ‘instastorie’ gravado por um dos passageiros que está sentado no banco traseiro do que diz ser um Mercedes A45, ouve-se o barulho do motor a atingir uma alta rotação. O autor do vídeo escreve que o carro circula a 300 km/h, o que não se pode comprovar. Trata-se contudo de uma velocidade difícil de alcançar naquela via e naquela zona, onde o piso está em bastante mau estado, o que deve ter também ter contribuído para a perda de controlo do carro que — isso sem dúvidas, a ver pelas imagens –, seguia em excesso de velocidade, já que se trata de uma via onde o máximo é de 80 km/h. Na mesma sequência de vídeos partilhada no Instagram por uma das vítimas, lê-se ainda o nome “Vasco”.

Imagem retirada do Instagram

Imagem retirada do Instagram

O trânsito esteve cortado durante a manhã

O trânsito foi restabelecido na Segunda Circular, em Lisboa, nos dois sentidos,  ao início da tarde depois de ter sido removida uma estrutura danificada depois do acidente da madrugada que matou os três jovens, adiantou à Rádio Observador fonte do Comando Distrital da PSP. A circulação tinha sido parcialmente cortada de manhã no sentido Aeroporto-Benfica para a retirada do pórtico informativo e tinha estado condicionada desde a hora do despiste.

“Uma viatura ligeira despistou-se cerca da 1h00 no sentido Aeroporto-Benfica, junto ao Campo Grande, e embateu num poste de iluminação que caiu na estrada invadindo as vias do sentido oposto”, explicou fonte da PSP à agência Lusa.

No acidente, um pórtico de painéis direcionais ficou danificado.  e embateu num poste de iluminação, que acabou por i), d. Os únicos ocupantes do carro, três homens com idades entre os 20 e os 40 anos, morreram.

A   uma das   lado esteve cortada.

Fonte do Regimento dos Sapadores de Bombeiros disse à Lusa que o alerta para o acidente foi dado às 00h50. No local estiveram 30 operacionais com o apoio de oito viaturas.

(notícia atualizada às 17h28 com uma imagem captada momentos antes do acidente )