O futebolista internacional norueguês Omar Elabdellaoui, do Galatasaray, sofreu ferimentos graves na face e em ambos os olhos num acidente com artefactos pirotécnicos para celebrar o Ano Novo, disse esta sexta-feira o clube turco.

Segundo o médico Vedat Kaya, Elabdellaoui, antigo jogador de Olympiacos e Manchester City, chegou ao hospital por volta da meia noite desta sexta-feira, tendo sido tratado “com um cirurgião plástico e uma equipa de oftalmologistas”.

Um dos olhos está mais afetado do que o outro, adiantou o clínico, e mesmo que o futebolista se sinta melhor, é ainda muito cedo para definir quer um regresso ao futebol, quer a possibilidade de consequências permanentes.

Já o presidente do Galatasaray, Mustafa Cengiz, visitou o jogador, assim como o treinador e o capitão, e destacou que, embora Elabdellaoui esteja “bem disposto”, é preciso “manter a fé” e esperar “uma ou duas semanas” para perceber melhor o quadro clínico do defesa e extremo de 29 anos.

Segundo a imprensa turca, alguns foguetes comprados para festejar, em casa, a passagem de ano de 2020 para 2021 explodiram nas mãos do internacional norueguês, que agora aguarda para saber se será necessária nova intervenção cirúrgica.