Uma das surpresas do Salão de Xangai foi o Ora Punk Cat, um veículo produzido pela Great Wall em que são evidentes as semelhanças com o popular VW Carocha. Ora este abuso estilístico dificilmente passaria incólume, dados os grandes investimentos e peso da Volkswagen AG no mercado chinês, associados ao facto de as linhas do Carocha serem inconfundíveis.

O Carocha está de volta, mas com uma surpresa

O Punk Cat é uma cópia do VW Type 1, que através de várias gerações foi fabricado entre 1938 e 2003, tendo colocado em circulação mais de 15 milhões de unidades. O construtor alemão substituiu o Carocha pelo New Beetle e, posteriormente, pelo Beetle, que acabou por voltar a colocar de lado em 2019. Espera-se agora que o mais popular modelo da casa regresse, sobre a plataforma eléctrica MEB, mais fácil devido à versatilidade deste tipo de arquitectura. Tanto mais que, assim, o Type 1 poderá fazer companhia ao Type 2, o Pão de Forma, cujo regresso não só está confirmado, como é um dos mais esperados.

Previsivelmente chocada por os chineses terem a ousadia de copiar o Carocha, a VW está agora a estudar a melhor forma de dar uma lição à Great Wall. Depois de reunir com os advogados alemães, o maior fabricante europeu aguarda agora que os juristas definam uma estratégia, que deverá ser analisada ao pormenor. Isto para evitar resoluções lentas como a da Range Rover com o Evoque, modelo selvaticamente copiado pelo Land Wind X7, da Jiangling, que apesar de a queixa ter sido apresentada em 2016, só teve uma decisão favorável aos britânicos em 2019.

Farta de ser copiada pelos chineses, Land Rover toma medidas

A VW necessita de resolver o conflito rapidamente, uma vez que já registou o termo “e-Beetle” em 2020, o que sugere que o Carocha eléctrico pode surgir no mercado mais depressa do que se pode pensar.