O tenista Rafael Nadal revelou esta sexta-feira que terminou a temporada 2021, por “sofrer muito mais do que deveria”, face a uma lesão num pé, que o impedirá de participar no US Open, quarto e último “Grand Slam” da temporada.

“Olá a todos. Quero informar que infelizmente terei de encerrar a temporada de 2021. Honestamente, há um ano ando a sofrer muito mais do que deveria com o meu pé e preciso de um tempo. Depois de ter discutido com a equipa e família, esta decisão foi tomada e creio que é o caminho a seguir para tentar recuperar bem”, começou por dizer o número quatro da hierarquia ATP, na rede social Instagram.

O jogador maiorquino, de 35 anos, detentor de 20 títulos do “Grand Slam”, confessou que o ano 2021 não foi fácil para si, depois de falhar o torneio de Wimbledon e os Jogos Olímpicos Tóquio2020.

É um ano que perdi coisas que são muito importantes para mim, como Wimbledon, como os Jogos Olímpicos, como o Open dos Estados Unidos e outros tantos eventos que também são importantes para mim, visto que no último ano não tive a capacidade de treinar, preparar-me e competir da forma que gosto muito, porque no final chego à conclusão que o que preciso é de tempo para recuperar”, justificou.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nadal acrescenta que esta lesão “não é nova” e que o acompanha desde 2005, mas que, ainda assim, “não o impediu de desenvolver a sua carreira desportiva ao longo de vários anos”.

“Estou com o maior entusiasmo e predisposição para fazer o que for preciso para recuperar a melhor forma possível, para continuar a competir pelas coisas que realmente me motivam e pelas que tenho feito ao longo de todos estes anos. Estou convencido de que com a recuperação do pé e obviamente um esforço diário muito importante, posso conseguir. Vou trabalhar o máximo que puder para que isso aconteça”, concluiu.

Também Roger Federer anunciou na segunda-feira que vai parar durante muitos meses por causa de complicações no joelho, após ter sido eliminado nos quartos de final de Wimbledon e decidido não marcar presença nos Jogos Olímpicos.

“Vou estar fora do jogo durante muitos meses”. Federer anuncia nova operação e fim da temporada e confirma que carreira pode estar em risco