“Eu sei que elas estavam vivas dentro do carro. Aquela imagem está sempre na minha cabeça"

Gina Antunes, um ano depois de ter perdido a mãe e a filha de 4 anos no fogo de Pedrógão Grande: “Não sei se conseguiria ter ido aos funerais. Hoje, vou aos cemitérios e penso que elas não estão lá”.

Recomendamos

Populares

Últimas

;
A página está a demorar muito tempo.