Mercadorias

Mais mercadorias nos portos e menos por estrada e ferrovia no 3.º trimestre

As mercadorias transportadas através dos portos nacionais aumentaram 9,7% no terceiro trimestre de 2016, em termos homólogos, enquanto os transportes ferroviário e rodoviário sofreram diminuições.

O transporte internacional manteve a tendência positiva dos trimestres anteriores, mas em desaceleração

Tiago Petinga/LUSA

As mercadorias transportadas através dos portos nacionais aumentaram 9,7% no terceiro trimestre de 2016, face ao mesmo período do ano anterior, destacando-se o acréscimo de Sines, enquanto os transportes ferroviário e rodoviário registaram quebras, revelou o INE. Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), entraram, neste período, nos portos nacionais, 3.941 navios (3.131 de mercadorias e 810 de passageiros), o que significa um aumento de 0,6% face ao período homólogo (-0,6% no segundo trimestre de 2016).

O movimento de mercadorias fixou-se em 24 milhões de toneladas, mais 9,7% do que no período homólogo (-1,0% no trimestre anterior), com destaque para o Porto de Sines que movimentou 13 milhões de toneladas, correspondentes a um acréscimo de 21% em termos homólogos (8,8% no segundo trimestre). Os portos de Leixões e Figueira da Foz tiveram igualmente desempenhos positivos, com crescimentos de 3% e 8,5%, respetivamente, destacando-se pela negativa o Porto de Lisboa que assistiu a uma redução de 7,2% no movimento de mercadorias no terceiro trimestre.

O tráfego internacional de mercadorias, que representa 80% do total, aumentou 1% para 19,2 milhões de toneladas, recuperando do resultado negativo do segundo trimestre (-7,2%). Já o transporte rodoviário de mercadorias apresentou um decréscimo no terceiro trimestre de 2016 de 7,3% (-1,4% no segundo trimestre), atingindo 36,3 milhões de toneladas.

O transporte internacional manteve a tendência positiva dos trimestres anteriores, mas em desaceleração (mais 2,7% de toneladas movimentadas, face a 4,5% no segundo trimestre e 7,3% nos primeiros três meses de 2016). Entre julho e setembro de 2016, a carga transportada por via ferroviária diminuiu 10,1% (-4,1% no segundo trimestre), fixando-se em 2,5 milhões de toneladas.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site