Carnaval

Diabos de Lazarim à solta em 30 fotografias

558

Caretos, diabos e demónios andaram à solta nas ruas de Lazarim, freguesia perdida no meio da serra do município de Lamego, onde as raízes do Entrudo ainda resistem à passagem do tempo.

Um dos Entrudos mais tradicionais do país voltou a sair à rua no fim de semana de Carnaval. Para os artesãos de Lazarim, as máscaras esculpidas durante vários dias em madeira de amieiro, só têm valor quando saem em cortejo. Por isso, a terça feira de Entrudo é sempre uma ocasião especial. E nem a chuva impediu os caretos de saírem à rua.

O Observador andou por lá e mostra-lhe algumas das melhores imagens.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Morte

Xutos & Pontapés na Igreja e no Estado

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

Não podendo o Parlamento honrar todos os cidadãos falecidos, é razoável que reserve as suas homenagens para os portugueses que mais se distinguiram pelo seu saber e serviço à comunidade.

IPSS

O Estado, essa doença comum

Alberto Gonçalves
161

Fora do manicómio em que saltita boa parte da “opinião”, o problema da Raríssimas não é ser “particular” na designação, nos estatutos e na teoria: é não ser particular na prática.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site