Catalunha

Juiz ordena encerramento de site sobre referendo catalão — e governo cria outro endereço

Empresa de alojamento online CDMon recebeu um mandato judicial que ordena o encerramento da página sobre o referendo à independência catalão. Página já não está disponível em vários browsers.

MARTA PEREZ/EPA

O site contratado pelo governo catalão à empresa CDMon para divulgação do referendo à independência da Catalunha já não está disponível para a maioria dos internautas. É o resultado da resposta à ordem judicial entregue esta quarta-feira pela Guardia Civil à CDMon, segundo revela o jornal espanhol “El Mundo”. Mas o governo regional da Catalunha não tardou na resposta, com o próprio presidente do executivo catalão, Carles Puigdemont, a publicitar um endereço alternativo.

A ordem de encerramento da página, decidida por um juiz, terá sido dada em mãos na sede da empresa, em Malgrat de Mar (Barcelona). O “El País” garante que o domínio online já foi anulado, sendo por isso apenas uma questão de tempo — entre 3 a 6 horas — até o site estar completamente indisponível.

A decisão surge na sequência do anúncio do Tribunal Constitucional de inviabilizar o referendo catalão à independência. Este tinha sido promovido pelo governo regional, que pretende que o ato eleitoral decorra no dia 1 de outubro.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: cbruno@observador.pt
União Europeia

A Catalunha e o fim da Europa Federal

Luís Ribeiro

A questão catalã está a ser um divisor de águas a nível nacional e europeu – e o tão federalismo europeu está a mostrar não ser mais do que um pretexto sob o qual se prosseguem interesses nacionais.

Brasil

O impasse brasileiro

Manuel Villaverde Cabral

O Brasil está muito longe de ter saído do impasse e tanto Lula como o velho PT, em cuja «diferença» se quis acreditar, só acrescentam dificuldades à busca de uma solução viável e positiva.

Turquia

Afrin e as escolhas de Erdoğan

Diana Soller

Pela primeira vez na história dois aliados da NATO encontram-se em armas em dois lados diferentes da barricada, o que pode vir a ser a prova dos nove relativamente ao futuro da comunidade de segurança

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site