Futebol

Futebol. Custos do Mundial 2018 subiram 510 milhões de euros

Autoridades russas confirmaram que o Mundial 2018 de futebol vai custar mais 600 milhões de dólares, cerca de 510 milhões de euros, do que tinha sido inicialmente previsto.

TATYANA ZENKOVICH/EPA

As autoridades russas disseram esta terça-feira que o Mundial 2018 de futebol vai custar mais 600 milhões de dólares, cerca de 510 milhões de euros, do que tinha sido inicialmente previsto.

Os organizadores e o governo russo não apresentaram explicação para o aumento dos custos, publicados esta terça-feira num decreto assinado pelo primeiro-ministro, Dmitri Medvedev.

Segundo o decreto, os custos aumentaram de 34,5 mil milhões de rublos, cerca de 510 milhões de euros, para 678 mil milhões de rublos, cerca de 10 mil milhões de euros.

Destes valores, 57,6% provêm do orçamento federal, 13,6 do governo regional e 28,8 de “entidades legais”, que inclui empresas privadas e estatais.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site