Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Ela pode ser generosa ou desleal. Alguns querem-na para si todo o tempo. Outros preferem não lhe tocar. Em todos os casos, não há dúvidas de que a bola é a protagonista de qualquer Mundial. A edição de 2014 da competição é aquela em que se marcaram mais golos na primeira jornada da fase de grupos e o número tende a aumentar nas próxima etapa. A evolução da bola do Mundial está fortemente relacionada com os avanços tecnológicos da época. As primeiras eram fabricadas com 12 pedaços de couro costurados manualmente. Depois, chegaram as tradicionais com 32 partes em preto e branco para dar mais visibilidade durante as transmissões televisivas. A Brazuca, bola utilizada no Mundial de 2014, possui apenas seis painéis e, segundo testes realizados pela NASA, é a mais aerodinámica na história da competição. Para saber mais sobre a evolução da bola nos Mundiais, clique do lado direito ou na linha de tempo da cronologia abaixo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR