Com este Governo, “todos os cuidados são poucos”, afirmou Seguro aos jornalistas, questionado sobre a notícia do semanário Expresso acerca de um possível corte da sobretaxa do IRS no próximo ano, que seria compensado com receitas de impostos ambientais.

“Se há uma coisa que o caracteriza [o Governo] é dizer uma coisa e depois fazer outra e, em relação aos impostos, já ouvimos de tudo, inclusivamente de vários membros do Governo”, afirmou o secretário-geral socialista, após um encontro com o presidente da câmara do Funchal, Paulo Cafôfo.